Sentiu algo diferente, largou a boneca, correu para casa. "Mãe, machuquei por dentro. Tô sangrando!"

6 comentários:

Jocir Prandi disse...

Ótimo!
A menção à boneca dá o toque de sensibilidade característico do autor.
Parabéns, Edson!

Naila disse...

Muito bom mesmo!

Flávio Silva disse...

Você conseguiu descrever a puberdade de uma menina bem descrevido com poucas palavras... Ou seja, com exatamente 100 caracteres, testado e "caído do cavalo".

mural do ajosan disse...

Concordo com o Jocir com relação à alusão à boneca.

Taty disse...

Muito bom esse conto

bjos

Fabrica dos Convites disse...

A minha mãe foi mais ou menos assim...
Bjs, Rose.

Postar um comentário