Estava sentado naquela cafeteria havia horas. "Deseja mais alguma coisa". Suspirou. "Amor próprio!".

2 comentários:

mural do ajosan disse...

Ah, o tédio!!!

Sílfides - por toda a vida disse...

"E eu queria saber de quem era aquela bolsa ali jogada no chão. Na pressa, levara a carteira e esquecera o resto." Milena Ramos

Postar um comentário