Queria o divórcio, mas só confiava no amigo advogado, que era criminalista. Resolveu matar a esposa.

3 comentários:

mural do ajosan disse...

Desta forma ele não seria preso, ou o amigo advogado faria de tudo para ele não ir pra trás das grades; genial.

Sheylla ♥ disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkk

Pior que isso é mais comum do que se imagina.rsrs

Taty disse...

Que tenso hein rsrs

bjos

Postar um comentário