Jogou uma pedra no rio. Ela quicou. Formou círculos na água. Não adiantava chamar, a Iara não viria.

1 comentários:

Valter disse...

Bom. A geração atual precisa conhecer um pouco do folclore brasileiro. Não custa nada acreditar nem que seja por um instante, em alguam fantasia saudável. Valeu Edson.

Postar um comentário