Ela sorriu com suas palhaçadas. O sorriso dela era tão bonito que ele não imaginava o rosto sem ele.

2 comentários:

Lady Marinah disse...

Que fofo *.*
Adorei.

Maeh Fedewicz disse...

Já está na minha lista (branca) de nanocontos mais bacanas!

Postar um comentário