Depois da transa, Veridiana acariciava com cuidado os testículos dele. "Ah! Que saudades dos meus!".

4 comentários:

Núbia Menezes disse...

Adorei.

mural do ajosan disse...

Uau!! só um mestre do nanoconto poderia escrever tal texto; da hora!!

Silviane D.S. Leite disse...

*** Huhauhaua... ÓTIMO!

Karol disse...

Imagina só quantas Veridianas não estão por ai cheias de saudades!! huahauha

Postar um comentário