De peito nu, passou por um bando de palmeirenses. “Ufa”. Tirou da bolsa e colocou a camisa do timão.

1 comentários:

juansm disse...

É assim mesmo. Dá medo de assumir em público o time que se torce, porque é efetivamente perigoso. A liberdade de expressão não é respeitada. E o mal exemplo vem dos próprios jogadores, pseudo ídolos.

Postar um comentário