Beijou leve e demoradamente a face macia da avó. Um beijo repleto de amor. Depois lacraram o caixão.

3 comentários:

Blog do Wellington disse...

Conheceu os nanocontos e desligou o rádio do carro. Visitou o blog e quer elogiar. Os toques acabam.

Fábrica dos Convites disse...

Minha avó materna estava esperando nossa volta a Bele´m para morrer, foi voltarmos para Sampa e no mês seguinte ea faleceu, ainda bem que pude beijá-la. bjs, Rose.

Kel Ornelas disse...

Recentemente tive essa experiência, mas com meu avô... Fiquei muito tocada ao ler...

Postar um comentário