Na tela, sfghtkxçypjto. Um bip repetitivo da cpu. No dia seguinte, acharam-no. A cabeça, no teclado.

5 comentários:

aluisio martins disse...

Cara, vc é bom com isso. Parabéns e te sigo.
abs

Valter disse...

Gostei. Isso daria uma boa grande estória. Parabéns.

Duda disse...

Muito bom :D

Ana de Geo disse...

Ai, tow começando a ficar com medo desses toques... rsrsrsrs... Já vi sobre meu distúrbio (TOC) e hoje isso!
Parabéns, cara! Esses toques mechem comigo!
Beijão!

mural do ajosan disse...

Demais de criativo este.

Postar um comentário