Queria falar com ela, a timidez impedia. O ônibus freou. Ela caiu em seu colo. Sorrisos encabulados.

4 comentários:

Anônimo disse...

Dessa vez, o "empurrãozinho do destino" se chamou "pezinho do motorista"... "Fa lu stessu", como diria minha vó. E é mesmo.
O. A. Secatto.

Louise Oliveira disse...

Bonitinha. Gostei. rs
Bjs! Lu

Valter disse...

Sou cobrador de ônibus. Vocês nem imaginam o que mais já vi acontecer somente dentro do meu carro de trabalho. O Edson iria ter bem mais uns 100 milhões de toques para escrever. Parabéns pela criatividade.
Valter Pires
escritor iniciante

mural do ajosan disse...

Um empurrãozinho do destino mesmo, como disse o Anônimo; ótima criatividade, Edson.

Postar um comentário