Saindo da delegacia: "Ai que vergonha! Trabalhos forçados, Juliano? Só te pedi para lavar a louça!".

1 comentários:

HÉLIO SENA disse...

O olhar do opressor...

Postar um comentário